Manaus / Amazonas -

Translate

Arquivo do blog

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

FRUTEIRAS DO BOSQUE DA CIÊNCIA DO INPA
47 espécies frutíferas catalogadas, sendo 36 nativas e 11 introduzidas.

Afonso Rabelo – Engenheiro Florestal
rabeloafonso@gmail.com

SOBRE O BOSQUE DA CIÊNCIA

Faz parte do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia-INPA e está localizado dentro de um fragmento florestal urbano na cidade de Manaus com uma área verde de aproximadamente 13 (treze) hectares (Figura 1). 

 Figura 1 - Entrada do Bosque da Ciência do INPA.

Foi criado como opção de lazer, propiciando aos seus visitantes, interesse pela biodiversidade da Amazônia, além de oferecer potencialmente atrativos turísticos e entretenimento. As principais atrações do Bosque são: TRILHAS EDUCATIVAS, TANQUES DE PEIXE-BOI, VIVEIRO DAS ARIRANHAS, CASA DA CIÊNCIA, ILHA DA TANIMBUCA, CASA DE MADEIRA, RECANTO DOS INAJÁS, CONDOMÍNIO DAS ABELHAS, ABRAÇO DA MORTE, PAIOL DA CULTURA, TRILHA SUSPENSA, LAGO AMAZÔNICO E FAUNA LIVRE. Dentro do Bosque da Ciência podem ser encontrados muitas espécies vegetais e animais livres como araras, bicho preguiça, cutias e várias espécies de macacos, além dos animais em cativeiro tais como: ariranhas, quelônios, peixe-boi, poraquê e varias espécies de peixes (Figuras 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9).  

 Figura 2 - Ilha da Tanimbuca do Bosque da Ciência do INPA.

 Figura 3 - Exposição dos frutos nativos na Casa da Ciência do Bosque.

 Figura 4 - Fauna livre do Bosque-Araras.

 Figura 5 - Fauna livre do Bosque-Bicho preguiça.
Figura 6 - Fauna livre do Bosque-Cutia.

 Figura 7 - Fauna em cativeiro do Bosque-Peixe-boi.

 Figura 8 - Fauna em cativeiro do Bosque-Jacaré.

 Figura 9 - Fauna em cativeiro do Bosque-Quelônios.

Atualmente o Bosque da Ciência se consolidou como uma das principais áreas verde da cidade de Manaus, sendo bastante frequentado por moradores da cidade, estudantes e turistas de outras regiões do Brasil e do mundo. Além dos atrativos turísticos o Bosque da Ciência tem sido muito utilizado para divulgação das pesquisas do INPA, socialização do conhecimento científico, ensino, pesquisa e educação ambiental por meio do projeto Circuito da Ciência. 

Mais informações sobre o Bosque acesse: http://bosque.inpa.gov.br/principal.htm

AS FRUTEIRAS CATALOGADAS NO BOSQUE DA CIÊNCIA

Foram identificadas no Bosque da Ciência 47 espécies frutíferas, sendo 36 nativas e 11 introduzidas (Tabela 1). 

Tabela 1 – Espécies frutíferas catalogadas no Bosque da Ciência do INPA – Manaus – AM
 
Num.
NOME VULGAR
NOME CIENTÍFICO
ORIGEM
1
Abacate
Persea americana Mill.
Américas
2
Abiu
Pouteria caimito (Ruiz & Pav.) Radlk.
Amazônia
3
Abricó
Mammea americana L.
A. Central
4
Açaí-do-Amazonas
Euterpe precatoria Martius
Amazônia
5
Açaí-do-Pará
Euterpe oleracea Martius
Amazônia
6
Amora
Morus nigra L.
Ásia
7
Annonaceae Juss.
Annona muricata L.
A. Central
8
Araçá-boi
Eugenia stipitata McVaugh
Amazônia
9
Bacaba
Oenocarpus bacaba Martius
Amazônia
10
Bacabinha
Oenocarpus mapora Martius
Amazônia
11
Bacuri
Garcinia sp.
Amazônia
12
Biribá
Rollinia mucosa (Jacq.) Baill.
Amazônia
13
Buriti
Mauritia flexuosa L. F.
Amazônia
14
Cacau
Theobroma cacao L.
Amazônia
15
Cacau-da-mata
Theobroma sylvestre Aubl. ex Mart. in Buchner
Amazônia
16
Café
Coffea arabica L.
África
17
Caiaué
Elaeis oleifera (Kunth) Cortés
Amazônia
18
Caju
Anacardium occidentale L.
Amazônia
19
Cajuaçu
Anacardium spruceanum Benth. ex Engl.
Amazônia
20
Carambola
Averrhoa carambola L.
Ásia
21
Castanha-do-Brasil
Bertholletia excelsa Bonpl.
Amazônia
22
Castanha-sapucaia
Lecythis pisonis Cambess
Amazônia
23
Cupuaçu
Theobroma grandiflorum (W. ex S.) K. Schum.
Amazônia
24
Dendê
Elaeis guianensis Jacq.
África
25
Goiaba
Psidium guajava L.
América
26
Guaraná
Paullinia cupana Kunth
Amazônia
27
Inajá
Maximiliana maripa (Aublet) Drude
Amazônia
28
Ingá-chichica
Inga alba (Sw.) Willd.
Amazônia
29
Ingá-cipó
Inga edulis Martius
Amazônia
30
Jambo
Syzygium malaccense (L.) Merr. & L.M. Perry
Ásia
31
Manga
Mangifera indica L.
Ásia
32
Mapati
Pourouma cecropiifolia Mart.
Amazônia
33
Mari-da-terra firme
Cassia grandis L. f.
Amazônia
34
Moela-de-mutum
Lacunaria jenmanii (Oliv.) Ducke
Amazônia
35
Murici
Byrsonima chrysophylla Kunth
Amazônia
36
Pajurá
Couepia bracteosa Benth.
Amazônia
37
Patauá
Oenocarpus bataua Martius
Amazônia
38
Pitomba
Talisia esculenta (A. St.-Hil.) Radlk.
Amazônia
39
Pupunha
Bactris gasipaes Kunth
Amazônia
40
Puruí
Borojoa sorbilis (Ducke) Cuatrec.
Amazônia
41
Sapota-do- Solimões
Quararibea cordata (Bonpl.) Vischer
Amazônia
42
Sapotilha
Manilkara zapota (L.) P. Royen
Américas
43
Sorvinha
Couma utilis (Mart.) Müll. Arg.
Amazônia
44
Taperebá
Spondias mombin L.
Amazônia
45
Tucumã
Astrocaryum aculeatum G. Mey.
Amazônia
46
Ubaia
Eugenia patrisii Vahl
Amazônia
47
Uxi
Endopleura uchi (Huber) Cuatrec.
Amazônia

As espécies mais abundantes e fácil de serem encontradas no Bosque foram: Açaí-do-Amazonas (Euterpe precatoria Martius), açaí-do-Pará (Euterpe oleracea Martius), araçá-boi (Eugenia stipitata McVaugh), bacaba (Oenocapus bacaba Martius), caiaué (Elaeis oleifera (Kunth) Cortés), cupuaçu (Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) K. Schum.), inajá (Maximiliana maripa (Aublet) Drude), puruí (Borojoa sorbilis (Ducke) Cuatrec.), taperebá (Spondias mombin L.) e tucumã (Astrocaryum aculeatum G. Mey.). 

As espécies de cacau-da-mata, (Theobroma sylvestre Aubl. ex Mart. in Buchner), cajuaçu (Anacardium spruceanum Benth. ex Engl.), castanha-sapucaia (Lecythis pisonis Cambess.), moela-de-mutum (Lacunaria jenmanii (Oliv.) Ducke) e ubaia (Eugenia patrisii Vahl), esta confundida com o camu-camu (Myrciaria dubia McVaugh), são raras no Bosque (Figuras 10, 11, 12 e 13).

 Figura 10 - Fruteiras raras no Bosque da Ciência-Castanha sapucaia (Lecythis pisonis Cambess.).

Figura 11 - Fruteiras raras no Bosque-Cajauçu (Anacardium spruceanum Benth. ex Engl.).

 Figura 12 - Fruteiras raras no Bosque-Moela de mutum  (Lacunaria jenmanii (Oliv.) Ducke).

 Figura 13 - Fruteiras raras no Bosque-Ubaia (Eugenia patrisii Vahl).

Várias espécies frutíferas podem ser encontradas também nas margens do lago Amazônico, entre elas, açaí-do-Amazonas (Euterpe precatoria Mart.), buriti (Mauritia flexuosa L. f.), pataua (Oenocarpus bataua Mart.) e ubaia (Eugenia patrisii Vahl) (Figura 14). 

 Figura 14 - Detalhe do lago Amazônico do Bosque da Ciência do INPA. 

As fruteiras do Bosque da Ciência são importantes fontes de alimentos para a fauna livre presente no Bosque e, algumas delas já foram estudadas por pesquisadores do próprio INPA e pelos estudantes de graduação e pós-graduação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário